CHAMADA DO 25º NÚMERO DA RASCUNHOS CULTURAIS

Postado por: Anderson Malaquias Cardoso

Linguística de Texto: perspectivas e interfaces

Dennis Castanheira (UFF)

Cristiane Dall’ Cortivo Lebler (UFSC)

 

As pesquisas em Linguística de Texto têm sido desenvolvidas ao longo dos últimos anos a partir de uma abordagem centrada na sociocognição e na interação. Assim, como apontam Koch e Elias (2016, p. 32), “o texto é uma realização que envolve sujeitos, seus objetivos e conhecimentos com propósito interacional”. Nessa abordagem teórica, então, são considerados aspectos contextuais e mentais no mapeamento dos sentidos do texto a partir de diferentes conhecimentos linguísticos, discursivos e enciclopédicos (cf. BEAUGRANDE, 1997; CAVALCANTE; SANTOS, 2012)

Nesse sentido, neste número da Revista Rascunhos Culturais, podem ser submetidos trabalhos em que sejam analisados fenômenos à luz Linguística de Texto a partir de uma abordagem sociocognitiva e interacional. Serão aceitas, também, investigações acerca da sua interface com outras teorias linguísticas, dentre as quais o Funcionalismo norte-americano, a Análise Crítica do Discurso, a Semiolinguística e a Teoria da Argumentação da Língua, e pesquisas voltadas ao ensino de língua portuguesa. Os trabalhos devem ser enviados até o dia 30 de abril de 2022.

 

Referências bibliográficas:

BEAUGRANDE, R. New foundations for a science of text and discourse:
cognition, communication and freedom of access to knowledge and society.
New Jersey: Ablex Publishing Corporation, 1997.

CAVALCANTE, M. M.; SANTOS, L. W. Referenciação e marcas de conhecimento compartilhado. Linguagem em (Dis)curso (Impresso), v. 12, p. 657-681, 2012.

KOCH, I. V.; ELIAS, V. M. O texto na linguística textual. IN: BATISTA, R. O. (org.) O texto e seus conceitos. São Paulo: Parábola Editorial, 2016. p. 31-44.

Compartilhe:
Veja também